USO DE FIBRAS ALIMENTARES PARA O IDOSO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

USO DE FIBRAS ALIMENTARES PARA O IDOSO

Mensagem  Luis Fernando em Sex Dez 20, 2013 10:05 am

Fibra alimentar é qualquer alimento que atinja o intestino grosso sem ser absorvido durante seu trajeto. Podem ser de três tipos: a) carboidratos da parede celular de células vegetais; b) carboidratos extraídos dos alimentos em geral; c) polímeros sintéticos. As fibras alimentares ainda podem ser divididas em solúvel e insolúvel: as solúveis atuam ao nível do estômago, reduzindo o trânsito e reduzindo à absorção de nutrientes, sendo fermentadas no colo ascendente; as insolúveis atuam mais na porção distal do colo, modulando o trânsito e a absorção de água.

Alguns estudos recentes tem mostrado que a ingestão de fibras pela população geral é menor do que o recomendado. Esse problema fica ainda mais grave na população idosa, na qual a ingestão de fibras é menor ainda que na população geral. Dessa forma, a suplementação de fibras para os idosos pode ter papel muito importante no tratamento da constipação crônica, atuando na fisiologia do trato gastrointestinal, alterando a produção de gases, a biodisponibilidade de vitaminas e minerais, a digestão proteica, entre outras.

Dentre os vários tipos comerciais de fibras, tem-se intensificado as pesquisas nos últimos anos com o Psyllium (nome comercial: Metamucil®). Trata-se de uma fibra predominantemente solúvel que é muito útil para o tratamento da constipação crônica. Um estudo recente com 170 pacientes constipados mostrou que o Psyllium foi mais eficiente que as outras fibras na elevação da quantidade de água eliminada nas fezes, o que é muito importante para tornar as fezes menos consistentes e favorecer a evacuação. Esse efeito de amolecimento das fezes pode ser observado a partir do 3º dia de uso de Psyllium, com aumento da eficácia com o uso contínuo (> 2 sem) da medicação. A conclusão desse estudo recomenda, portanto, a utilização do Psyllium como fibra alimentar suplementar, devendo ser utilizada de forma contínua para obtenção dos benefícios.

Vale lembrar que as fibras alimentares no idoso não terão valor só para o tratamento da constipação crônica. Como foi dito acima, ela atua na fisiologia do trato gastrointestinal até mesmo auxiliando na digestão dos alimentos e absorção de micronutrientes. Tendo em vista que a população idosa possui muitas carências também nesses micronutrientes, a utilização de fibras suplementares à alimentação pode trazer muitos benefícios para esses pacientes cronicamente constipados.

Referências
ATTALURI, A. et al. Randomised clinical trial: dried plums (prunes) vs. psyllium for constipation. Alimentary Pharmacology and Therapeutics, 2011; 33: 822–828.
DROR, Yosef. Dietary fiber intake for the elderly. Nutrition, Volume 19, Number 4, 2003
McRORIE, J.W. et al. Psyllium is superior to docusate sodium for treatment of chronic constipation. Alimentary Pharmacology and Therapeutics, 1998; 12: 491-497.

Luis Fernando

Mensagens : 8
Data de inscrição : 25/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum