Abordagem da hidrocele em homens adultos e diagnóstico diferencial

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Abordagem da hidrocele em homens adultos e diagnóstico diferencial

Mensagem  Taylla Mendes Silva em Ter Out 28, 2014 8:42 pm

Hidrocele é o acúmulo de fluidos serosos entre as camadas da membrana (túnica vaginal) que envolvem o testículo ou ao longo do cordão espermático.
Em adultos, as hidroceles não comunicantes são muito mais comuns e se manifestam com edema escrotal e sensação vaga de peso. A hidrocele não comunicante pode ocorrer após condições secundárias a trauma menor, infecção, torção testicular, epididimite, operação de varicocele ou tumor testicular.
Os pacientes quase sempre apresentam edema escrotal, cujo tamanho varia durante o dia. Em geral, é menor pela manhã e aumenta com a elevação da pressão intra-abdominal
A palpação dos testículos é importante para diagnosticar qualquer patologia testicular aguda. Entretanto, em casos de hidroceles rígidas ou de sacos espessos, os testículos podem não ser palpáveis.  Aumentar a pressão abdominal por meio de manobras, como choro ou elevação dos braços, ajuda a hidrocele a ser palpada, caso seja pequena, no momento do exame físico.
A transiluminação é uma ferramenta importante no exame físico de hidroceles. Em quase todas as hidroceles, o fluido será transiluminado quando o escroto for investigado com um feixe de luz focalizado. O omento ou o intestino no escroto impedem a transiluminação. Se houver intestino no escroto, serão observadas septações.
Se a hidrocele não puder ser demonstrada no exame físico, mesmo que a história seja clara, deve-se pedir que a família tire fotos do escroto do paciente em casa quando o mesmo estiver distendido.
História e exame físico são geralmente suficientes para o diagnóstico. A incapacidade de apalpar o testículo ou indício de patologia subjacente (por exemplo, febre, sintomas gastrointestinais como vômitos, diarreia ou constipação, sombra na transiluminação) deve levantar a sugestão de um diagnóstico diferente ou de alguma patologia subjacente adicional, e requer o uso de ultrassonografia escrotal. A ultrassonografia tem quase 100% de sensibilidade na detecção de lesões intraescrotais.
Tratamento
Em adultos, depois que a patologia subjacente foi excluída por meio de exame físico, as hidroceles podem ser tratadas de maneira conservadora com tranquilização e suporte escrotal. A cirurgia pode ser apropriada se a hidrocele ficar muito grande e desconfortável.Para pacientes sintomáticos que não são adequados à cirurgia ou que não desejam se submeter à cirurgia, e quando a fertilidade não é um problema, a aspiração da hidrocele seguida por escleroterapia pode ser considerada. Em geral, ela é considerada como tratamento de segunda linha.
Diagnóstico Diferencial
Hérnia inguinal
Uma hérnia inguinal encarcerada pode ser difícil de distinguir de uma hidrocele. Uma ultrassonografia da virilha exibirá balonamento anormal do diâmetro anteroposterior do canal inguinal. Ocasionalmente, é observado um segmento de omento (gordura) ou do intestino.
Câncer de testículo
Em geral, são massas sólidas e firmes que não são transiluminadas. Entretanto, tumores podem ter hidroceles reativas ao seu redor, e estas são transiluminadas.A ultrassonografia escrotal confirma o diagnóstico. Marcadores tumorais testiculares, como a alfafetoproteína ou beta-hCG, também podem ser usados para indicar atividade tumoral.
Epididimite
Clinicamente, o paciente apresenta dor e sensibilidade no escroto, e podem ser observadas alterações inflamatórias locais. A ultrassonografia com Doppler colorido confirma o diagnóstico.
Epidídimo-orquite
Sensibilidade e edema escrotal. Clinicamente, o paciente apresenta dor e sensibilidade no escroto, e podem ser observadas alterações inflamatórias locais. A ultrassonografia com Doppler colorido confirma o diagnóstico.
Cisto de epidídimo
Massa escrotal que pode ser transiluminada. A posição do cisto ajuda no diagnóstico. O cisto pode ser apalpado separadamente do testículo, ficando posterior e superior a ele. A ultrassonografia escrotal pode auxiliar na definição do diagnóstico.
Edema escrotal
Espessamento da parede escrotal. A melhor forma de realizar o diagnóstico é por meio do exame escrotal. A ultrassonografia escrotal pode ser benéfica.
Torção testicular
Sensibilidade extrema, elevação do testículo, perda de pontos de referência e ausência de um reflexo cremastérico são sinais característicos de torção. A ultrassonografia com Doppler colorido confirma o diagnóstico.
Varicocele
A palpação de veias aumentadas durante a manobra de Valsalva é diagnóstica no exame físico. O exame físico é diagnóstico, mas a ultrassonografia com Doppler colorido pode ser usada para confirmação.
Referência:
Hidrocele.BMJ Best Practice.Última atualização: Ago 14, 2014

Taylla Mendes Silva

Mensagens : 6
Data de inscrição : 19/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum