Neuropatias compressivas de membros inferiores

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Neuropatias compressivas de membros inferiores

Mensagem  Leonardo Panzera em Sab Dez 06, 2014 9:15 am

Em pesquisa realizada no BJM (Best Practice), foram encontradas as seguintes informações:

Avaliação de mononeuropatia dos membros inferiores

Compressiva

Plexopatias lombossacrais compressivas

-As neuropatias envolvendo o plexo lombossacral são incomuns, mas podem mimetizar uma mononeuropatia. As causas incluem a compressão causada por tumores sólidos, abscesso, hematoma ou malignidades infiltrantes.

Radiculopatias lombossacrais compressivas

-Embora não seja normalmente considerada uma mononeuropatia, as lesões radiculares podem mimetizar tais distúrbios e precisam ser consideradas no diagnóstico. As raízes nervosas inferiores de L5/S1 e, em seguida, as de L4/5 são mais comumente afetadas. As causas mais comuns são hérnia de disco e alterações degenerativas crônicas. Os tumores metastáticos também podem causar compressão aguda da raiz nervosa e devem ser considerados em pacientes com malignidade primária conhecida.

Neuropatia peroneal

-É a mononeuropatia mais comum que afeta os membros inferiores, geralmente manifestando-se como pé pendente. Mais frequentemente, o nervo é lesionado no colo fibular devido à compressão (por exemplo, posicionamento cirúrgico, cruzamento de pernas ou trauma).

-O nervo peroneal é originado nas raízes nervosas de L4-S1. Essas fibras se estendem pelo plexo lombossacral e finalmente pelo componente dorsal do nervo ciático. No nervo ciático, as fibras do nervo peroneal comum se separam das fibras tibiais. Perto do colo fibular, o nervo peroneal comum se divide em seus ramos terminais, os nervos peroneais superficial e profundo. As neuropatias peroneais profundas isoladas são menos comuns.

Meralgia parestésica

-Causada pela compressão do nervo cutâneo femoral lateral. Esse nervo é originado nas raízes de L2/L3 e se estende ao redor da borda pélvica, saindo anteriormente à espinha ilíaca, antes de passar sob o ligamento inguinal. O nervo cutâneo femoral lateral é o responsável pela sensibilidade cutânea ao longo da região anterolateral da coxa.

-Frequentemente observada em pessoas com sobrepeso, mas os pacientes que usam roupas apertadas e trabalhadores que usam cinto pesado de ferramentas também apresentam risco.

Neuroma de Morton (metatarsalgia)

-É uma fonte de dor no pé relativamente comum, causada por fibrose perineural de um nervo intermetatarsal. A dor geralmente está localizada na base do terceiro e quarto pododáctilos.

Neuropatia do obturador

-As neuropatias do obturador isoladas são mais comumente observadas em mulheres que se submeteram a procedimentos obstétricos/ginecológicos.

Neuropatia ciática

-O nervo ciático se origina das raízes nervosas de L4-S2 e do plexo lombossacral antes de sair da pelve pelo forame ciático maior.

Neuropatia tibial

-O nervo tibial se origina da divisão ventral do nervo ciático e desce até o nível do maléolo medial, onde se estende sob o retináculo dos flexores. O nervo tibial distal se divide depois em 3 a 4 ramos. Os nervos sensoriais calcâneos medial e lateral são somente sensoriais sendo responsáveis pela sensibilidade do calcanhar. Os nervos plantares medial e lateral contêm fibras motoras e sensoriais que inervam as porções medial e lateral da sola, respectivamente. O nervo tibial raramente está envolvido de forma isolada. Quando há envolvimento, ele geralmente ocorre na porção distal, no nível do tornozelo.

Síndrome do túnel tarsal (neuropatia tibial distal)

-Compressão do nervo tibial na passagem pelo túnel do tarso (retináculo dos flexores, na face medial do tornozelo). Ela se manifesta mais frequentemente como dor perimaleolar.

Mononeuropatia femoral

-O nervo femoral é derivado do plexo lombar, que se origina nas divisões posteriores das raízes nervosas de L2, L3 e L4. Isso pode resultar em fraqueza durante a caminhada e quedas provocadas pela instabilidade do joelho.

Neuropatia hereditária com predisposição a paralisia por pressão (NHPP)

-A NHPP é uma condição incomum, mas predominantemente hereditária, secundária à deleção do PMP 22 no cromossomo 17. Ela produz episódios recorrentes e remitentes de neuropatias por compressão indolores nos locais comuns de encarceramento (por exemplo, neuropatia peroneal na cabeça fibular).

Lesão no nervo periférico

-A lesão de nervos periféricos é uma causa importante de mononeuropatias dos membros inferiores compressivas. A lesão pode ser causada por trauma ou cirurgia.

Referências:
1-Preston DC, Shapiro BE. Electromyography and neuromuscular disorders: clinical-electrophysiologic correlations. Boston, MA: Butterworth-Heinemann; 1998.
2- Katirji B. Peroneal neuropathy. Neurol Clin. 1999;17:567-591.
3- Katirji MB, Wilbourn AJ. Common peroneal mononeuropathy: a clinical and electrophysiologic study of 116 lesions. Neurology. 1988;38:1723-1728.
4- Oh SJ, Meyer RD. Entrapment neuropathies of the tibial (posterior tibial) nerve. Neurol Clin. 1999;17:593-615.

Leonardo Panzera

Mensagens : 7
Data de inscrição : 26/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum