Diagnósticos diferenciais de massas cervicais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diagnósticos diferenciais de massas cervicais

Mensagem  brunoaraujo em Qui Maio 21, 2015 11:02 pm

Os médicos de família frequentemente se deparam com massas cervicais em pacientes adultos. Uma história médica cuidadosa deve ser obtida e um exame físico completo devem ser realizados. A idade do paciente e a localização, tamanho e duração da massa são importantes peças de informação. Causas inflamatórias e infecciosas de massas cervicais são comuns em adultos jovens. Massas congênitas, como anomalias branquiais e cistos do ducto tireoglosso, deve ser considerado no diagnóstico diferencial em crianças. Neoplasias (benignos e malignos) têm maior probabilidade de estar presente em adultos mais velhos. A aspiração por agulha fina e biópsia e a tomografia computadorizada com contraste são as melhores técnicas para avaliar essas massas. Uma consulta de otorrinolaringologia para endoscopia e biópsia excisional deve ser obtida quando uma massa no pescoço persiste para além de quatro a seis semanas, após um único curso de um antibiótico de largo espectro.

Na minha pesquisa obtive poucos artigos brasileiros que abordassem o tema. Porém, encontrei dois artigos no site da American Family Physician (AFP) da Academia Americana de Médicos de Família (links anexados no final), que abordam as massas cervicais e, principalmente, o diagnóstico diferencial, em adultos e crianças. O fluxograma presente nos artigos, facilita a abordagem e manejo em pacientes com massas cervicais, eles também estão anexados neste tópico.






http://www.aafp.org/afp/2002/0901/p831.html
http://www.aafp.org/afp/2014/0301/p353.html

brunoaraujo

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum