Urgência Hipertensiva - Gabriela

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Urgência Hipertensiva - Gabriela

Mensagem  Gabriela M. Mendes em Dom Nov 24, 2013 8:17 pm

Pregunta PICO: "Pessoa idosa com urgência hipertensiva, qual o mais indicado para a redução da pressão arterial, utilizando captopril ou Nifedipina?"

A urgência hipertensiva, de acordo com as Diretrizes de HAS, é o aumento crítico da pressão arterial, em geral diastólica (PAD) maior ou igual a 120 mmHg, porém com estabilidade clínica, sem comprometimento de órgãos alvo. A PA deve ser tratada por via oral, buscando a diminuição da PA em 24 horas. A nifedipina sublingual tem ação rápida, mas muito efeito adverso.

De acordo com TAVARESA et al (Artigo de 1998, Revista Hiperativo) o tratamento da urgência hipertensiva, uso oral, envolve tais medicamentos:
Captopril 25-100 mg, 15 min de inicio de ação e dura de 4 a 6 horas.
Nifedipina 5-10 mg mg, 5-15 min de inicio de ação e dura de 3 a 5 horas.
Clonidina 0,2 mg inicialmente e 0,1/h até 0,8 mg mg, 30 min de inicio de ação e dura de 6 a 8 horas.
Labetalol (não disponível no Brasil) 200-400 mg, mg, 30 min de inicio de ação e dura de 8 a 12 horas.

Há falta de ensaios clínicos de boa qualidade comparando as diversas opções. Assim, a escolha baseia-se no perfil farmacodinâmico e farmacocinético, como nos efeitos adversos.

O captopril é indicado em pacientes com insuficiência renal devido à esclerose sistêmica, Lupus e no pós-parto. E sua maior limitação é a hipotensão após a primeira dose. (Urgência e emergência hipertensiva. Arquivo brasileiro de cardiologia. 1991)

Gabriela M. Mendes

Mensagens : 5
Data de inscrição : 25/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum